sábado, maio 19, 2007

êxtase













Eu queria ficar parada este momento

e que este momento durasse eternamente

Ouviria as gargalhadas dos deuses

Ficaria queda

translúcida

ficaria toda

Iria parar entre um respirar

e ficar aí quieta

baloiçando entre

Poderia dizer uma palavra

e não dizia

Poderia voltar a inspirar

e esquecia-me.

Poderia sorver desse prazer

sentia-o a aflorar os lábios

e tudo seria intensidade

presença. E só.

Não precisava de ir mais longe

não precisava de ser tão próximo.

Esse momento

era um lugar

que percorria sem saber que havia distâncias.


2 comentários:

Avusa disse...

lindo... o intervalo entre a inspiração e a expiração!
Para sempre lá ficar. Na essência do ser.

Negra disse...

Caro(a)s Bloggers,


A NEGRA TINTA EDITORIAL tem o grato prazer de lançar a obra “CÂMARA ESCURA (revelação), do poeta Joaquim Amândio Santos, com prefácio de António Lobo Xavier.

Sendo esta obra mais um trabalho nascido de um escritor cuja carreira foi lançada na blogosfera, a exemplo das edições previstas e possíveis no futuro próximo desta editora, será importante contarmos com a honra da presença de bloggers nas diversas acções de lançamento da obra.

Nesse sentido, solicitávamos indicação de morada ou preferência por receber o convite por mail para negratinta@gmail.com, bem como qual dos eventos escolhem para nos honrar com a sua presença.

Lançamento e Apresentações:

31 de Maio Funchal
8 de Junho Penafiel
14 de Junho FNAC Norteshopping, Porto
28 de Junho FNAC Chiado, Lisboa
5 de Julho FNAC Coimbra


Aproveitámos ainda para solicitar que qualquer manuscrito que entendam colocar à consideração desta editora para possível publicação, seja enviado por este mail, ao meu cuidado, estando previsto editarmos até 4 obras, nascidas na blogosfera, até Março de 2008.

Saudações Literárias,

Nélia Maria Pereira
Edições e Comunicação
NEGRA TINTA EDITORIAL