terça-feira, julho 04, 2006

A inutilidade do sofrimento



Citei anteriormente María Jesús Reyes, uma psicóloga de língua espanhola autora de um livro que está a ser um sucesso em Portugal, editado pel'A Esfera dos Livros, A Inutilidade do Sofrimento. Basicamente, diz que muito do nosso sofrimento é criado pelos nossos pensamentos e que tomar consciência dos nossos padrões negativos de pensamento (mindfulness) é meio caminho andado para uma vida mais feliz... depois, claro, há aquilo a que os budistas chamam "o treino da mente"... E pelo que se vê por aí, estamos todos a precisar de aprender a viver. Devia haver uma escola, desde pequeninos, para isso, uma escola para aprender a ser feliz.... ou para não nos esquecermos de ser felizes.




Desde sempre, desde criança, sabia que havia algo em mim que se poderia chama "Alegria", um espaço aberto, de confiança, risos e cores luminosas. Depois, claro, passava por fases em que parecia que tinha esquecido esse espaço, como se não existisse ou fosse uma memória longínqua. Felizmente, mesmo quando não o procuramos conscientemente, a própria vida arranja maneira de fazer-nos parar e voltar a ir beber à fonte. Nessa altura pensamos, mas o que é que eu andei a fazer? como pude criar este labirinto?

Recordamos então como a água da fonte é refrescante e viva. E sempre esteve ali.

3 comentários:

Folha de Chá disse...

Preciso de ler este livro. Para perceber que posso mudar no trabalho, libertar-me de alguns berros e não perder a alegria.

yo4rker disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

elephantcom disse...

Very best site. Keep working. Will return in the near future.
»